Cimento

InterCement investirá R$ 1,2 bilhão em 2013

Segunda, 18 de Fevereiro de 2013, às 19:19
Paulo Márcio Sebastião Aguiar - InterCement Ijaci, MG Paulo Márcio Sebastião Aguiar - InterCement Ijaci, MG

A Intercement, holding para os negócios de cimento do Grupo Camargo Corrêa, irá investir R$ 1,2 bilhão em 2013. Quase 70% desse valor terá como destino a ampliação e a modernização de seu parque industrial no Brasil.

Neste montante, estão incluídas a construção de uma nova fábrica em Caxitu (PB) e a ampliação da unidade de Cezarina (GO). Ainda é aguardada para este ano a autorização para que uma unidade baseada num modelo voltado à sustentabilidade seja instalada na Região Norte.

Após a aquisição da Cimpor, a InterCement tornou-se o segundo maior produtor de cimento, concreto e agregados no mercado nacional. Em 2012, alcançou um volume de produção de 27,1 milhões de toneladas. "A empresa vem investindo de forma consistente para competir e oferecer produtos com qualidade, agilidade e inovação" diz o presidente do Conselho de Administração daInterCement, José Édison Barros Franco.

Um exemplo é a recém-inaugurada fábrica de Cubatão (SP), que vai acrescentar 1 milhão de toneladas à produção anual da InterCement. Além disso, uma série de novos processos implementados, como a moagem vertical, entre outras tecnologias, garante uma redução de até 25% no consumo de energia elétrica em comparação com o processo tradicional.

A atuação internacional da InterCement também será contemplada nos investimentos programados para este ano. Em Portugal, onde a holding assumiu o controle da Cimpor, serão aplicados R$ 20 milhões. Às fábricas da Argentina serão direcionados R$ 100 milhões, enquanto no Paraguai serão investidos R$ 80 milhões. No continente africano, as operações na África do Sul, no Egito e em Moçambique terão R$ 220 milhões até o final de 2013.